Entre os anos de 2001 e 2016, as pandemias causaram um prejuízo de US$ 197,7 bilhões à economia mundial, de acordo com levantamento da Marsh.

Durante a epidemia de zika em 2015, que atingiu 76 países, as perdas somaram o montante de US$ 18 bilhões na América Latina e no Caribe. No Brasil, que foi o epicentro, foram US$ 16 bilhões.

Segundo a Marsh, as novas pandemias terão impactos maiores porque as companhias dependem mais de tecnologia, viagens e das cadeias de suprimento globais.

A estimativa do Banco Mundial é de que uma pandemia severa pode derrubar até 5% do Produto Interno Bruto (PIB) global.
“O impacto econômico já é nítido. Há empresas mudando suas rotinas, há desaceleração na produção, indústrias reduzindo atividades ou parando, diz a superintendente para Prática de Responsabilidade Civil e Ambiental da Marsh, Katia Papaioannou.Tags: Coronavíruscovid19Pandemia

Fonte:SINCOR-SP